Sexta-feira, 31 de Outubro de 2008

história do surf

No mundo:

Os primeiros relatos do surf dizem que o desporto foi introduzido no Havai pelo rei polinésio Tahito. Mas em 1778, quando o navegador James Cook descobriu o arquipélago, ele afirmou que já existiam surfistas na ilha. Até o início do século 20 o surf permaneceu em baixa até conhecer seu pai, Duke Paoa Kahanamoku, que manteve o desporto vivo graças a sua persistência.

 

 

 


A primeira vez que o mundo ouviu falar do Havai e do surf foi depois das Olimpíadas de 1912, em Estocolmo, onde Duke ganhou uma medalha de ouro na natação. Duke fez o mundo saber que ele era um surfista e que o surf era o acto de cavalgar as ondas do mar. Após sua vitória, Duke introduziu o surf na América em 1913 e na Austrália em 1915.

Actualmente a Associação dos Surfistas Profissionais (ASP) é quem regulamenta e traça as directrizes do desporto. Os maiores surfistas do mundo disputam anualmente o WCT (World Championship Tour) que consagra o campeão mundial.

 

Em portugal:

 

Peniche 13 a 17 de Dezembro 1988

 

Pela primeira vez em Portugal realizou-se um campeonato de surf, que inclui a presença de profissionais de renome internacional permitindo ao público em geral um contacto directo com o expoente máximo do surf mundial.

 

O Rip Curl Pró Am Peniche 88, prova a contar para o circuito europeu da EPSA (European Profissional Surfing Association), contituiu assim um marco na história do surf em Portugal e da sua evolução.

 

Foi assim que em Portugal se pode observar um tão alto nível de surf.

 

Possivelmente será este o ponto mais importante visto que é crucial para um desenvolvimento táctico desta modalidade, a troca de informação e experiências que profissionais deste gabarito podem proporcionar.

 

Devido ao facto de ser a primeira competição realizada em território nacional, incluída no circuito EPSA forçosamente provocará repercussões em todo o velho continente e não só sobre o progresso acelarado que o surf nacional está a sofrer, obrigando muita gente a considerar o potencial nacional de uma forma mais respeitosa: Para este melhoramento na nossa imagem a nível internacional contribuiu decisivamente a boa organização da prova e o excelente desempenho de alguns surfistas nacionais que obrigaram os profissionais a darem o seu máximo em alguns casos de forma a não serem eliminados.

 

 

A Prova:

 

 

A direcção técnica esteve a cargo da EPSA com a presença do seu próprio presidente o senhor François Payot, sendo a iniciativa desta prova e sua organização a nível nacional da RIP CURL; PORTUGAL e do seu director Miguel Oliveira.

 

 

Comprimentos Jorge e Emanuel.

Música: Basshunter - Bota Anna
Publicado por surfpoint às 17:25
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
21

22
23
25
26
27
28

29
30
31


Posts recentes

Mais algumas fotos

Fotos de kitesurf

Tipos de pranchas

Material - kites

História do kitesurf

Introdução a uma nova mod...

Imagens espectaculares

Selecção Portuguesa vice-...

Uri Valadão e Neymara Car...

ISA – International Surfi...

Arquivos

Março 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Links

Contador de visitas

Advogados RJ
Advogados RJ
blogs SAPO

subscrever feeds